terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Arroz de tamboril (Bimby)

Ingredientes (para 2):
300g lombo de tamboril cortado em cubos pequenos
10 camarões
6 delícias do mar
500g água
20g azeite
1 cebola pequena
1 dente de alho
1/2 pimento pequeno em tiras
80g polpa tomate
100g arroz agulha
1 knorr de marisco
1 colher sopa de creme de marisco em pó

Preparação:
Coloque o tamboril e a água no copo 10min/ 100º/ vel colher inversa.
Retire e coe o tamboril, mas reserve a água da cozedura.
Pique o alho, a cebola, o tomate, o pimento e o azeite 8seg/ vel 5. 
Baixe os ingrediente com a espátula e programe 5min/ varoma/ vel 1.
Junte 450g da água da cozedura, o arroz, o knorr e o creme de marisco 15 min/100ª/ vel. colher inversa. Após 2 minutos de cozedura, abra e mexa o arroz.
A 5 min do fim do tempo, junte o tamboril, os camarões e as delícias do mar cortadas em 4 partes e mexa.
Serva quente.

domingo, 29 de janeiro de 2017

Recomendação literária: série off-campus de Elle Kennedy

Comecei a ler esta série esta semana e devorei os dois livros em poucos dias. A série Off-campus ainda só tem dois livros editados em PT: "O Pacto", o primeiro da série e "O Erro", o segundo. Penso que a série terá pelo menos 4 livros, porque conta a história de um grupo de universitários e jogadores de hóquei que vivem na mesma casa. Como são 4 amigos e o primeiro livro era sobre o Garrett, o segundo era sobre o Logan, presumo que o terceiro seja sobre o Dean e o quarto sobre o Tucker.
Gente, esqueçam o Grey... Esta série é muito mais fixe! Um bocadinho mais teen é certo, mas muito mais interessante, sem as partes perversas do Grey. Eu adorei e recomendo! Começo a ficar cada vez mais fã do género YA (Young Adult).
Aqui ficam as capas e as respetivas sinopses.


Hannah Wells encontrou finalmente aquela pessoa. Segura e confiante em todas as outras facetas da vida, enfrenta uma série de receios e inseguranças no que toca a sexo e sedução. Se quiser prender a atenção da sua nova conquista terá que sair da zona de conforto... Mesmo que tal signifique ter que aturar o arrogante e infantil capitão da equipa de hóquei... E vai ser tão bom. Ser jogador de hóquei profissional foi tudo o que Garrett Graham sempre quis, mas as notas de final de formatura ameaçam deitar tudo por terra este sonho, pelo qual tanto tem lutado. Se ajudar uma morena, muito gira e cheia de sarcasmo, a fazer ciúmes a outro lhe garantir a posição na equipa, que seja! Mas um inesperado beijo leva-os às cenas de sexo mais incríveis das suas vidas, e não vai levar muito tempo até que Garrett perceba que fingir não será o caminho... Terá, sim, que convencer Hannah de que o homem que ela procura se parece em tudo com Garrett. 



John Logan, universitário, pode ter as mulheres que quiser. Para esta estrela de hóquei a vida é um desfile de festas e engates. No entanto, por trás do seu sorriso matador e charme descontraído esconde-se um desespero crescente sobre o que terá de enfrentar após terminar o curso. Um encontro escaldante com a caloira Grace Ivers é, de facto, a distração de que ele precisa. Mas, quando um erro impensado a afasta, Logan resolve gastar o seu último ano a provar-lhe que vale a pena uma segunda oportunidade- Agora terá de apostar mais alto... Depois de um ano como caloira, Grace está de volta à Universidade de Briar, mais velha, mais madura. E já não é a borboleta tranquila que era quando se envolveu com John. Se Logan espera que ela implore e rasteje a seus pés como todas as suas outras conquistas, pode esperar sentado. Quere-a de volta? Vai ter que trabalhar por isso. Desta vez é Grace quem vai ao colante... E ela tenciona guiar de forma selvagem.

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Waffles (Bimby)

Gulosa como sou, é claro que adoro waffles ou grofes! Pesquisei várias receitas e esta foi a mais simples e prática que encontrei e os waffles ficam mesmo bons! Há várias receitas em que separam as claras das gemas e batem as claras em castelo. É certo que devem ficar mais airosas e fofinhas, ainda vou experimentar. Mas como gostei bastante do resultado desta receita, é a que tenho repetido mais. Também já fiz uma com natas, mas acho que esta é melhor. 
A máquina comprei no Lidl. Vem com 3 placas de formatos diferentes: duas de waffles, duas para tostas (ondulada) e duas lisa. Custou-me cerca de 20€. Para quem não tem a máquina, há também aquelas formas de silicone com o formato das waffles para ir ao forno. Há na Tupperware e acho que também já vi no Gato Preto.

Ingredientes:
250g leite
250g farinha
3 ovos
1 c. sobremesa de fermento em pó
90g margarina temp. ambiente ou manteiga líquida
1 colher sobremesa de essência de baunilha
50g açúcar
1 pitada de sal

Preparação:
Coloque todos os ingredientes por esta ordem no copo 1min/ vel. 6.
Aqueça a máquina de waffles e verta massa até cobrir as placas, mas sem encher demasiado, para a massa não sair quando fechar.
Sirva simples ou com nutella, doce, mel, fruta... com o que lhe apetecer!
Bom apetite!

A máquina:

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

O Longo Inverno de Ruta Sepetys

Que livro extraordinário! 
Confesso que estava mesmo na ignorância sobre esta parte da história da Segunda Guerra. Normalmente os livros sobre este tema são sobre a ocupação Nazi nos diferentes países da Europa. 
Este livro é diferente. Fala sobre a ocupação soviética nas mão de Estaline e da deslocação de presos políticos, de pessoas contra o regime e das suas famílias para a Sibéria, para campos de trabalho forçado. Fala sobre as condições desumanas, da fome, do frio, da doença, da morte... Mas também do amor, da entre-ajuda, da partilha. Um livro forte e emotivo, narrado pela voz de uma adolescente de 15 anos. 
Apesar das personagens serem fictícias, muitos dos acontecimentos descritos são baseado em factos reais. 
Um cenário sobre a ocupação da Letónia, Lituânia, Estónia e até da Finlândia pelos Soviéticos que se apoderaram dos seus bens e das suas vidas.
Remendo vivamente!


Sinopse: Em 1941, Lina, de quinze anos, prepara-se para ingressar na escola de artes e para tudo o que aquele verão lhe pode proporcionar. No entanto, uma noite, a polícia secreta soviética invade a sua casa, levando-a juntamente com a sua mãe e o irmão mais novo. São enviados para a Sibéria. O pai de Lina é separado da família e conduzido a um campo de concentração. Lina decide arriscar tudo e usa a sua arte como forma de enviar mensagens, na esperança de que estas cheguem ao campo prisional onde o seu pai se encontra e lhe transmitam que a sua família ainda está viva. É uma longa e comovente viagem. Apenas a força, o amor e a esperança fazem com que Lina e a família resistam a cada dia. Mas será isso suficiente para os manter vivos?

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Lombo de porco ao vapor (Bimby)

Antes de conhecer esta receita fazia lombo de porco no forno, mas achava sempre que ficava um pouco seco. Quando descobri esta receita fui logo experimentar e adorei! A carne fica muito suculenta e deliciosa. Agora faço sempre assim o lombo. Não quero outra coisa.

Ingredientes:
1 lombo ou pá de porco temperado no dia anterior com massa de pimentão
1 cebola
2 dentes de alho
1 caldo Knorr de carne
100gr polpa tomate
100g vinho branco
30g azeite
2 pés de salsa
600g água

Preparação:
Colocar tudo no copo, exceto a água e picar 5 seg/vel 5. 
Baixar com a espátula e refogar 5min/ varoma/ vel 1.
Acrescentar a água morna, colocar a varoma com o lombo e programar 60 min/varoma/vel 2.
No final do tempo, retirar a varoma e triturar o molho 1min/ vel 7.
Colocar a carne numa travessa funda e cobrir com o molho de tomate.
Servir com batata doce frita ou arroz basmati.
Bom apetite!

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

The Five (minissérie)

Harlan Coben é um escritor que eu gosto muito! Já escreveu vários livros que estão traduzidos em PT, dos quais destaco a série "Myron Bolitar" e o último que li dele e que adorei "Morte no bosque". A propósito deste livro, surgiu a informação que haveria uma adaptação para uma minissérie, chamada "The Five" e, apesar de haver algumas semelhanças com o "Morte no bosque", não é de todo a adaptação do mesmo, apesar da minissérie ter sido de facto escrita por Harlan Coben. 
Quanto à minissérie vale a pena ver! São apenas 10 episódio, de aproximadamente 45 minutos cada um. Género thriller/policial.


Um dos cinco amigos de um grupo desaparece. 20 anos depois, amostras do DNA dele aparecem na cena de um crime. Os quatro amigos são forçados a revisitar o passado e descobrir a verdade questionando-se: ele está mesmo vivo?

sábado, 21 de janeiro de 2017

Galette de Rois

Hoje trago uma receita francesa. Vem um pouco fora de época, pois na França usam esta receita no Natal. É tipo o bolo rei deles. A receita é na Bimby, mas dá para adaptar perfeitamente. Pois é só misturar os ingredientes.

Ingredientes:
2 embalagens de massa folhada fresca
2 ovos
1 gema para pincelar
125g amêndoa moída 
125g açúcar
100g manteiga líquida
1 1/2 sopa de rum

Preparação:
Ligue o forno.
Forre uma tarteira com uma das placas de massa folhada e pique-a com um garfo.
No copo da Bimby coloque a manteiga, o açúcar, a amêndoa, os 2 ovos e o rum 5seg/ vel 5.
Coloque a mistura sobre a massa folhada sem espalhar até à borda.
Cubra com outra massa folhada e una muito bem as pontas da massa com os dedos molhados em água. Se não unir bem, ao cozer a massa vai despegar-se e abrir.
Pincele a massa com a gema de ovo.
Leve ao forno em lume médio, durante 20 minutos ou até ficar dourado.
Deixe arrefecer completamente antes de servir.
Bon apetit!

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Bifes de peru com legumes no wok

Como já vos disse, esta semana está a ser difícil manter-me afastada dos doces. E já que comecei com o pé esquerdo vou terminar assim também... perdido por 100, perdido por 1000! Para a semana recomeço e faço outra vez tudo direitinho, "focus"! Nem a mini-bolacha que dão no Historia del Café como!!!
Bem, para tentar colmatar esta minha falha, esta semana continuei com os meus almoços saudáveis. Desta vez fiz peito de peru grelhado com legumes salteados no wok. Deixo aqui a receita, super simples.

Ingredientes (2 pessoas):
3 peitos de peru
1 courgette média
1 cenoura grande
1 embalagem de Bimi
Azeite
Manteiga
2 dente de alho
Sal
Pimenta
Salsa picada
Sumo de limão

Preparação:
Comece por temperar os bifes com sal, pimenta, 1 dente alho e sumo de limão. Deixe a marinar durante pelo menos meia hora, quanto mais tempo estiverem a marinar mais sabor vão ter.
Corte a cougette e a cenoura em fatias finas com um ralador. Passe o Bimi por água corrente e corte os toros maiores.
Aqueça o azeite no wok, junte o outro dente de alho picado e mexa para não deixar queimar.
Junte a courgette e a cenoura e mexa até ficar praticamente cozinhadas, só aí lhe junte o Bimi.
Tempere com sal, pimenta e salsa.
Simultaneamente que prepara os legumes, grelhe os bifes em manteiga.
Servir quente e bom apetite!

Para cortar legumes tenho este ralador fantástico que comprei no ano passado na Expo Madeira. Tem duas pontas diferentes, de um lado corta em juliana, do outro corta em fatias.

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

O pecado mora ao lado

Estou a ter uma semana difícil, está a ser muito complicado resistir aos doces. Tenho comido praticamente todos os dias um docinho, ora um bolinho aqui, ora umas macadamias caramelizadas acolá... bem queria que esta teoria da foto fosse verdade! 
Para a semana vou portar-me melhor! 🙏


quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

"Pequenas grandes mentiras" de Liane Moriarty

Mais um livro que vai ser adaptado ao ecrã! YYYY
O livro da Liane Moriarty, "Pequenas grandes mentiras" virou minissérie. E com um elenco bem fino, com atrizes tão conhecidas. Estou ansiosa por ver, até porque adorei o livro. 
A autora tem dois livros editados em Portugal: este "Pequenas grandes mentiras" e "O segredo do meu marido". Já li ambos e são excelentes leituras!
Quem por aqui já leu o livro?

LIVRO:


A vila costeira de Pirriwee é um bom lugar para viver. As ruas são seguras, as casas são elegantes, e os seus habitantes distintos. Bom… quase todos… Madeline é tudo menos perfeita. Para começar, recusa-se a viver para as aparências e não se coíbe de dar a sua opinião (principalmente quando não é pedida). O seu lema “Nunca perdoar. Nunca esquecer.” vai ser inesperadamente testado ao limite. Celeste tem o tipo de beleza que leva as pessoas a parar na rua. É tão serena que ninguém repara que por detrás dos seus magníficos olhos se escondem sombras negras. Nem as suas melhores amigas sabem o que se passa quando a noite cai. Jane acabou de chegar. Ao fim de anos a tentar encontrar um lar, a idílica vila parece ter tudo o que procura… e até já conseguiu fazer duas amigas, cujas vidas perfeitas, espera, venham a ter uma boa influência sobre si. É mãe solteira e tão jovem que, no recreio da escola, a confundem com uma babysitter. Mas a sua inocência há muito que se perdeu. Um acidente vai unir estas três mulheres numa amizade aparentemente indestrutível. Pelo menos, até à noite da festa. Na vila, nada mais será como antes. São muitas as versões mas o facto indiscutível é que houve uma morte. Como aconteceu? Quem viu? Acima de tudo, quem morreu?

TRAILER DA MINISSÉRIE


terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Frango cremoso (Bimby)

Muitas vezes, quando como frango assado e me sobra carne, normalmente os peitos de frango, penso que receitas poderia fazer para aproveitar os restos. Ultimamente a alternativa tem sido esta. Fica muito bom e rende bastante.

Ingredientes:
200g cebola
2 dentes alho
100 g cenoura cortada em pedaços
50g azeite
150 g cogumelos frescos laminados
2 peitos de frango cozinhados e desfiados
200 g batata palha
1 l leite
100g farinha
30g manteiga
1 colher de chá de sal
1 pitada de noz moscada e pimenta branca
50g queijo ralado
Pão ralado aromatizado

Preparação:
Coloque no copo a cebola, os alhos e a cenoura e pique 8 seg/vel 5.
Adicione o azeite e refogue 5 min/ 100º/ vel 1.
Junte os cogumelos 3min/ 100º/ vel colher inversa.
Adicione o frango, tempere com sal e pimenta e envolva 5seg/ vel colher inversa.
Coloque as batatas num pirex e envolva com o frango.
Sem lavar o copo faça o bechamel, coloque o leite, a farinha, a manteiga, sal, pimenta e noz moscada 8min/ 90º/ vel 4.
Adicione o bechamel aos frango e às batatas e envolva bem.
Cubra com o queijo e o pão ralado.
Leve ao forno a gratinar cerca de 20 min.
Servir com uma salada.




segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Recomendação literária: "Vidas esquecidas" de Diane Chamberlain

Saudações literárias!
Bem, terminei agora mesmo este livro e digo-vos: foi do melhor que li nos últimos tempos, e tenho lido muitos bons livros!
A autora já não era uma novidade para mim. No verão passado tinha lido "O segredo da minha irmã" e também tinha gostado muito. Este mês resolvi pegar no "Vidas esquecidas" e que boa escolha eu fiz! Quem lê muito e quem tem muitos livros sabe o quão é difícil escolher a próxima leitura. Eu tenho esse problema, confesso. Mas voltando ao livro e à autora, a história é muito triste e forte. Tinha um pacote de lenços ao meu lado, porque foram vários os momentos em que me vieram as lágrimas aos olhos, porque sei que há realmente vidas assim... Não digo mais, têm de ler! 
Mas só para perceberem, achei o livro tão bom, tão bom, que desta vez não tenho dificuldade em escolher a minha próxima leitura. Vai ser outro livro da Diane Chamberlain: "A confissão da parteira", e as críticas que li são muito positivas, por isso, acho que vou ter mais uns bons momentos de leitura. E já vem a caminho o que me faltava dela editado em PT, "A derradeira ilusão". 
Resumindo, os livros que a autora tem publicados em Portugal no momento são estes quatro: 


Se clicarem em cima da imagem, vai direcionar-vos para o site da Fnac, para os quatro livros da autora, caso estejam interessados em ler as sinopses. 
Boas leituras!


domingo, 15 de janeiro de 2017

Pizza de Batata doce

Adoro esta pizza!!
O vídeo mostra a confeção da pizza que leva: de batata doce, queijo ralado, bacon, cogumelos, molho de tomate (eu ponho tomate frito), ovo e oregãos.


O meu resultado final: 

sábado, 14 de janeiro de 2017

Granola

Mais uma alternativa saudável, desta vez para o pequeno-almoço ou lanche. Eu costumo juntar a minha granola com um iogurte natural e voilá!

INGREDIENTES:
3 chávenas de Flocos de Aveia  
½ chávena de Nozes picadas aos pedacinhos
½ chávena de Amêndoas picadas aos pedacinhos
½ chávena de Sementes de Girassol  
¼ chávena de Sementes de Sésamo  
½ chávena de Mel  
¼ chávena de Óleo de Coco (ou outra gordura)  
Sumo de meia Laranja   
Sal Fino q.b
1 colher de chá de Canela
½ chávena de Bagas de Goji
½ chávena de Passas  

PREPARAÇÃO:
Numa taça, junte os flocos de aveia, as nozes e as amêndoas.
Adicione as sementes de sésamo e sementes de girassol.
junte o mel, o óleo de côco (em estado líquido), o sumo de laranja, uma pitada de sal e uma colher de chá de canela. 
Misture tudo muito bem, e espalhe uniformemente num tabuleiro forrado com papel vegetal ou num tabuleiro anti-aderente. Leve ao forno entre 10 a 15 minutos.
Deixe arrefecer e junte-lhe as passas, as bagas de goji e misture tudo.
Guarde a granola num frasco hermético. 


A granola é daquelas receitas que se está sempre a inventar. Eu às vezes não tenho um dos ingredientes e simplesmente não ponho e outras vezes acrescento outras coisas, tipo arroz tufado; uma colher de sopa de chocolate em pó e fica uma granola de chocolate... Podem pôr o que quiserem, fica ao gosto de cada um.

Como medidores eu utilizo estes utensílios de cozinha, que já tem lá mesmo a medida: 1 chávena; Meia; um terço; um quarto e um oitavo. São bastante práticos e para esta receita dão um jeitão! 

 

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Recomendação literária: "O Rouxinol" de Kristin Hannah

Saudações literárias! 
Hoje trago mais uma recomendação literária. Desta vez, num género diferente: romance histórico. Sabem que eu adoro ler livros sobre a Segunda Guerra Mundial e o Holocausto. Já li imensos livros sobre o tema e há, de facto, alguns que se destacam. Este é um deles! "O Rouxinol" foi o primeiro livro que li da Kristin Hannah e simplesmente a-do-rei! É um pouco diferente dos outros livros sobre a IIGG porque descreve as dificuldades que as mulheres passaram, não nos campos de concentração, mas nas suas próprias casas, durante a ocupação e o papel preponderante que tiveram na Guerra. 
É um livro fácil de encontrar, porque felizmente a Bertrand também pegou nele, senão só os sócios do Círculo de Leitores é que teriam acesso. Aqui ficam as capas e a sinopse do livro, que eu recomendo vivamente (rating 4,53 no Goodreads). Boas leituras! 


O Rouxinol de Kristin Hannah

 
Sinopse: Apaixonados, descobrimos quem queremos ser. Na guerra, descobrimos quem somos. França, 1939 Na tranquila vila de Carriveau, Vianne despede-se do marido, Antoine, que parte para a frente da batalha. Ela não acredita que os nazis vão invadir a França… mas é isso mesmo que fazem, em batalhões de soldados em marcha, em caravanas de camiões e tanques, em aviões que enchem os céus e largam as suas bombas por cima dos inocentes. Quando um capitão alemão reclama a casa de Vianne, ela e a filha passam a ter de viver com o inimigo, sob risco de virem a perder tudo o que têm. Sem comida, dinheiro ou esperança, e à medida que a escalada de perigo as cerca cada vez mais, é obrigada a tomar decisões impossíveis, uma atrás da outra, de forma a manter a família viva. Isabelle, a irmã de Vianne, é uma rebelde de dezoito anos, que procura um objetivo de vida com toda a paixão e ousadia da juventude. Enquanto milhares de parisienses marcham para os horrores desconhecidos da guerra, ela conhece Gäetan, um partisan convicto de que a França é capaz de derrotar os nazis a partir do interior. Isabelle apaixona-se como só acontece aos jovens… perdidamente. Mas quando ele a trai, ela junta-se à Resistência e nunca olha para trás, arriscando vezes sem conta a própria vida para salvar a dos outros. 
Com coragem, graça e uma grande humanidade, a autora bestseller Kristin Hannah capta na perfeição o panorama épico da Segunda Guerra Mundial e faz incidir o seu foco numa parte íntima da história que raramente é vista: a guerra das mulheres. "O Rouxinol" narra a história de duas irmãs separadas pelos anos e pela experiência, pelos ideais, pela paixão e pelas circunstâncias, cada uma seguindo o seu próprio caminho arriscado em busca da sobrevivência, do amor e da liberdade numa França ocupada pelos alemães e arrasada pela guerra. Um romance muito belo e comovente que celebra a resistência do espírito humano e em particular no feminino. Um romance de uma vida, para todos.