domingo, 5 de janeiro de 2014

Poupa Maria, na casa vazia :-P

Antes de mais nada: BOM ANO!!
Para começar 2014 em grande (e terminar com uma pezinho de meia), que tal uma dica de poupança?
A ideia é poupar uma determinada quantia de dinheiro por semana e ao final do ano juntar a módica quantia de  1 358€!! Nada mau, hem?!
Aqui fica o esquema de como a coisa se processa, bastante simples, por sinal e exequível.
Eu já arranjei uma latinha para esse propósito e já coloquei 1€ correspondente à primeira semana do ano. Agora é só continuar a colocar durante as restantes 51 semanas o valor correspondente, e voilá, dinheirinho em caixa :-)


Boas poupanças!

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Espaço "Cultura Já!"

Sabias que...



-> Durante a Guerra de Secessão (ou Guerra Civil Americana), quando as tropas voltavam para o quartel após uma batalha sem nenhuma baixa, escreviam numa placa imensa: "O Killed" (zero mortos). Daí surgiu a expressão "O.K.", para indicar que tudo está bem.



->No Novo Testamento, no livro de São Mateus, está escrito   " é mais fácil um camelo passar pelo buraco  de  uma  agulha  que  um  rico entrar no Reino dos Céus "...  O problema é que São Jerónimo, o tradutor do texto, interpretou a palavra "kamelos " como camelo, quando na verdade, em grego, "kamelos" são as cordas grossas com que se amarram os barcos. A ideia da frase permanece a mesma, mas qual parece mais coerente?
Numa outra versão, NÃO melhor fundamentada que a do texto. Nas cidades árabes envolvidas por muralha protetora, em conjunto com a grande portão por onda passavam carros e animais, existia uma porta muito pequena onde não passava mais de uma pessoa ao mesmo tempo. Quando o Sol se punha e o portão era encerrado, a única passagem era porta pequena, designada por?fundo da agulha?, o que permitia controlar todas as pessoas que entravam ou saíam. Sendo assim, na realidade seria muito difícil um camelo passar no fundo da agulha. Esta versão parece-me mais jeitosa: essas cidades eram, na generalidade, no meio de deserto, onde por certo havia mais camelos que cordas de barcos.....

Quando os conquistadores ingleses chegaram a Austrália, se assustaram ao ver uns estranhos animais que davam saltos incríveis. Imediatamente chamaram um nativo ( os aborígenes australianos eram extremamente pacíficos ) e perguntaram qual o nome do bicho. O índio sempre repetia " Kan Ghu Ru ", e portanto o adaptaram ao inglês, " kangaroo" ( canguru ).
Depois, os lingüistas determinaram o significado, que era muito claro: os indígenas queriam dizer: "Não te entendo ".

Nos conventos, durante a leitura das Escrituras Sagradas, ao se referir a São José, diziam sempre " Pater Putativus ", ( ou seja: "Pai Suposto" ) abreviando em P.P .". Assim surgiu o hábito, nos países de colonização espanhola, de chamar os "José" de "Pepe".



->Cada rei no baralho representa um grande Rei/Imperador da história
. Espadas: Rei David ( Israel )
. Paus: Alexandre Magno ( Grécia/Macedônia )
. Copas: Carlos Magno ( França )
. Ouros: Júlio César ( Roma )





->A parte do México conhecida como Yucatán vem da época da conquista, quando um espanhol perguntou a um indígena como eles chamavam esse lugar, e o índio respondeu " Yucatán ". Mas o espanhol não sabia que ele estava informando " Não sou daqui ".

->Existe uma rua no Rio de Janeiro, no bairro de São Cristóvão, chamada "PEDRO IVO". Quando um grupo de estudantes foi tentar descobrir quem foi esse tal de Pedro Ivo, descobriram que na verdade a rua homenageava D.Pedro I, que quando foi rei de Portugal, foi aclamado como "Pedro IV" (quarto).
Pois bem, algum dos funcionários da Prefeitura, ao pensar que o nome da rua fora grafado errado, colocou um " O " no final do nome. O erro permanece até hoje.

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Idiotas com ideias bem giras!

Hello!
Tenho andado completamente desligada das publicações do blog, eu sei, eu sei...
Mas como não gosto de deixar passar datas peculiares, cá vai mais uma publicação a 11/12/13 :-)
Desta vez não vou deixar nenhuma receita minha, mas sim ideias simples de receitas simples, rápidas e práticas.
Ora vejam lá:











quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Bolo fofo de Nozes

Olé!
Como gosto de assinalar datas peculiares aqui no blog, cá vai mais uma receita para o dia de hoje: 12/12/12

INGREDIENTES:
6 ovos
1 chávena de açúcar
1 chávena de farinha
½ chávena de nozes moídas
1 colher chá fermento em pó


PREPARAÇÃO
 Separe as claras das gemas.
 Bata muito bem as claras em castelo.
 Adicione as gemas e bata mais um pouco.
 Adicione o açúcar e as nozes moídas, ainda batendo.
 Unte e enfarinhe uma forma com furo no meio.
 Misture a farinha peneirada e o fermento com ajuda de uma colher.
 Coloque a mistura na forma e leve ao forno pré-aquecido em fogo médio durante 40 a 45 minutos.
 Desenforme e peneire com açúcar em pó (para ser mais light, eu deixei o açúcar em pó descansadinho  no armário :-).
  
Bom apetite!!

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Risoto de camarão


Uma das coisas porque adoro estar de férias é... ter tempo para cozinhar e fazer pratos novos e deliciosos como este.

INGREDIENTES:
1l de caldo de peixe ou camarão (usei meio pacote de creme de camarão)
 azeite q.b.
1 cebola
2 dentes de alho
1/2 cabeça de aipo picada finamente
200 grs miolo camarão
4 delícias do mar
1 chav. de arroz risoto
meia chav. de vinho branco
sal e pimenta q.b.
50g de manteiga
feijão verde (congelado) q.b.
100g queijo parmesão ralado na hora
folhas de manjericão fresco
Sumo de 1 limão

Aqueça o caldo.
Numa panela separada, aqueça o azeite.
Adicione a cebola, o alho e o aipo e cozinhe bem lentamente cerca de 10 min, sem dourar. Isso é chamado de soffrito.
Quando os vegetais estiverem tenros, acrescente o arroz e aumente o lume.
O arroz começará a fritar levemente, portanto continue a mexer. Após 1 minuto ele ficara um pouco translúcido.
Adicione o vermute ou o vinho, sem parar de mexer.
Quando o vinho for absorvido pelo arroz, acrescente a primeira concha de caldo quente e uma  pitada de sal.
Baixe o fogo para que a parte externa do arroz não cozinhe muito rapidamente. Continue adicionando conchas de caldo e misture, esperando que cada concha seja absorvida antes de despejar a próxima. Isso levará uns 15 minutos.
Antes do arroz cozer totalmente acrescente o feijão verde e o miolo de camarão e espere uns minutos.
Vá adicionando as conchas de caldo, até o arroz ficar cozido.
Por fim, na última concha, junte as delícias do mar cortadas em fatias finas.
Retire a panela do fogo e adicione a manteiga e o parmesão e misture bem.
Tampe a panela e deixe descansar cerca de 2 minutos. Esta é a parte mais importante do preparo de um risoto, já que é quando ele ficará incrivelmente cremoso.
Adicione o manjericão e o sumo de limão e misture novamente
Serva de imediato.
Bom apetite!

terça-feira, 17 de julho de 2012

terça-feira, 12 de junho de 2012

Lombos de Pescada com Espinafres no Forno

Sem dúvida, das melhores receitas de lombos de pescada que fiz. Adorei!

Ingredientes:
Lombos de pescada
Espinafres frescos
2 ovos
Maionese ou molho de alho
Queijo fatiado
Sumo de limão
Sal q.b.

Preparação:
Coza os ovos e escalde os espinafres.
Num recipiente que possa ir ao forno, coloque os espinafres e por cima os medalhões de pescada .
Tempere com sal e sumo de limão.
Parta os ovos às rodelas e coloque por cima dos medalhões.
Barre tudo com maionese.
Cubra com queijo fundido.
Leve ao forno tapado com uma folha de papel de alumínio durante 20 minutos.
Retire o papel de alumínio e deixe gratinar com cuidado para não queimar.
Acompanhe com puré de batata.


Bom apetite!